guindastes em uma construção

Sistemas construtivos: descubra o melhor material para sua construção!

O que é?

A Construção Civil é uma área com diversas possibilidades de execução, proporciona o desenvolvimento de diferentes ambientes para distintas finalidades, com características específicas, sendo uma das variáveis, o material utilizado. À essa pluralidade de métodos de construção damos o nome de Sistemas Construtivos.  Assim, durante esse texto, serão apresentadas algumas maneiras diferentes de realizar a construção que você sempre desejou.

Quais são seus tipos?

Alvenaria Estrutural

Desde os primórdios da humanidade, junto com a necessidade de obter uma moradia, os indivíduos foram impelidos a aprender mais sobre como funcionava o que seria, futuramente, chamado de alvenaria estrutural. Utilizando apenas rochas e argila desenvolveram métodos que foram utilizados em diversas construções como Parthenon, Muralha da China e a parte superior da Catedral de Notre Dame. Este sistema ainda é utilizado nos dias atuais, utilizando-se de técnicas mais aperfeiçoadas e materiais mais adequados. 

Muralha da China

Essa prática é altamente utilizada no mundo inteiro, a qual utiliza-se de blocos, de concreto ou cerâmica, que apresentam função estrutural. Pelas paredes serem a estrutura da construção, é necessário que o projeto seja bastante detalhado, compatibilizando com os vãos de abertura e com os projetos elétrico e hidrossanitário, exigindo, assim, mão de obra qualificada.

Vantagens:

  • Construções feitas com maior rapidez;
  • Necessita de menor mão de obra;
  • Apresenta menor grau de dificuldade da construção;
  • Maior economia e menor desperdícios dos materiais.

 

Desvantagens:

  • As paredes não podem ser removidas sem recolocar um elemento estrutural para suprir as cargas;
  • Necessária mão de obra especializada;
  • Vãos livres são limitados por conta da estrutura e existem algumas limitações estéticas.

Alvenaria Convencional ou de Vedação

Com certeza, esse é o sistema construtivo mais utilizado no Brasil, principalmente por apresentar maior disponibilidade de materiais e exigir menor qualificação de mão de obra. Diferente da alvenaria estrutural, as paredes não têm a função de sustentar a construção. Este método é composto por vigas, pilares e lajes de concreto armado e a alvenaria é somente utilizado para vedação, normalmente feita com blocos cerâmicos, também conhecidos como tijolos de cerâmica.

trabalhador de alvenaria com pá de pedreiro

Vantagens:

  • Pouca necessidade de mão de obra qualificada;
  • Suporta grandes vãos;
  • Facilita futuras reformas.

 

Desvantagens:

  • Gera muitos resíduos e desperdício de material;
  • Longo tempo de execução;
  • Custo de obra elevado.

Paredes de Concreto

Este sistema construtivo baseia-se na produção de paredes maciças de concreto armado. Tal processo envolve a utilização de fôrmas (de madeira ou metal) para a modelação das peças que irão compor a obra. Tais peças contêm todas as instalações elétricas e hidráulicas embutidas através de tubulações, não havendo necessidade de efetuar quebra nas paredes. Esse processo se difere do concreto pré moldado uma vez que suas peças são formadas de modo in loco, já no segundo tipo, as peças são feitas de maneira independente, necessitando de transporte até o local da obra.

corredor feito com paredes de concreto

Vantagens:

  • Apresenta pouco desperdício de materiais;
  • Alta velocidade de execução das construções;
  • Possibilidade de reutilização das fôrmas, se tornando, assim, um sistema construtivo indicado para obras de grande escala;
  • Mais organização e limpeza no canteiro.

 

Desvantagens:

  • Não compensa para construções de baixa escala, pois as fôrmas possuem alto custo para serem fabricadas;
  • Impossibilidade de realizar alterações na parede após sua construção;
  • Não costuma ter bom isolamento térmico e acústico;
  • Exige mão de obra especializada.

Wood Frame

Este sistema construtivo possui uma forte presença nas construções realizadas nos Estados Unidos e, aos poucos tem ganhado cada vez mais espaço no cenário brasileiro. Nesse método são utilizados perfis de madeira de reflorestamento, normalmente do tipo Pinus. Apesar de todas as peças passarem por processo de autoclave (impermeabilização), esse tipo de construção no Brasil apresenta certo risco, uma vez que apresenta certa dificuldade com a umidade do ar, a qual é muito elevada em regiões tropicais. Da mesma forma que o concreto pré-moldado, as peças não são fabricadas de modo in loco, necessitando de um bom sistema logístico que transporte as madeiras até o local da obra.

Atualmente já existem empresas especializadas em Wood Frame, como a K.bana, empresa Curitibana, que constrói cabanas de luxo. Você pode conhecer o trabalho deles aqui. 

Construção em wood frame

Vantagens:

  • É um método construtivo sustentável por gerar menor quantidade de resíduos e utilizar a madeira de reflorestamento, que causa menos impacto que o concreto;
  • Velocidade e facilidade para construir;
  • Apresenta bom desempenho acústico e térmico;
  • Baixo custo.

 

Desvantagens:

  • Limite de até cinco pavimentos;
  • Mão de obra deve ser especializada;
  • Cuidados especiais devem ser tomados quanto a manutenção das instalações de água e esgoto, pois vazamentos constantes podem deteriorar a madeira.

Steel Frame ou Light Steel Frame

Este método construtivo é bastante parecido com o wood frame, sendo industrializado e racionalizado. No entanto, ao invés de utilizar madeira, utiliza-se perfis de aço galvanizado. O fechamento desse sistema geralmente é feito por meio de placas cimentícias, madeira ou de Drywall.

estrutura em steel frame

Vantagens:

  • Alta velocidade e precisão na construção das estruturas;
  • É uma alternativa sustentável pois gera pouco resíduo na construção e utiliza aço galvanizado, um material reciclável;
  • Pelo fato de as peças serem industrializadas, torna-se simples determinar o custo da obra, evitando variações de preço;
  • A estrutura apresenta alta durabilidade e resistência, além de dispor de alta performance em isolamento acústico e térmico.

 

Desvantagens:

  • Limitação no número de pavimentos; 
  • Dificuldade de encontrar mão de obra especializada no Brasil, tornando a obra um pouco mais cara e demorada;
  • Por ser um sistema novo no mercado brasileiro, ainda há bastante desconfiança por parte dos consumidores.

 

Caso queira conhecer mais sobre o steel frame, clique aqui. 

Container

A princípio, o container é utilizado para o transporte de cargas em navios, aviões e também em transportes terrestres. Ele pode ser de aço, fibra ou alumínio e tem uma vida útil de aproximadamente oito anos na área de transportes. Assim, para que o descarte do material não aconteça, ele pode ser reaproveitado como método construtivo, passando antes por tratamentos que proporcionam sua recuperação e seu preparo para sua utilização na construção civil. Durante a montagem são criadas estruturas de revestimento interno com a finalidade de receber materiais isolantes, para criar um conforto termo acústico, e também para embutir as instalações elétricas e hidráulicas.

Clique aqui para saber mais sobre projetos complementares em obras de container.

Vantagens:

  • Velocidade da obra, considerando que boa parte da estrutura já vem pronta;
  • Método sustentável, pela reutilização dos containers e também pela diminuição do impacto ambiental da obra, devido a menor produção de resíduos no canteiro
  • Apresenta fácil montagem, podendo ser transportado para outros terrenos.

 

Desvantagens:

  • Necessidade de mão de obra especializada, principalmente para o corte das esquadrias;
  • Inexistência de legislação ou fiscalização específicas;
  • o terreno em que será colocado precisa ser espaçoso, pois a movimentação das caixas de aço é feita com guindastes;
  • No container, pode haver resquícios das cargas transportadas anteriormente, podendo haver vestígios contaminantes ou até ferrugem. Por isso, o cuidado com o material deve ser realizado de maneira cautelosa e detalhada. 

 

Se quiser saber mais sobre a utilização de contêineres na construção civil, clique aqui. 

Por fim, torna-se importante entender que não há um método construtivo melhor ou pior, mas apenas que se encaixam com as necessidades do cliente, cabendo uma rigorosa avaliação antes de iniciar o desenvolvimento do projeto. Neste sentido, a Alcance Engenharia Jr atua em diversas áreas apresentadas neste blog e se encontra disposta a esclarecer quaisquer dúvidas sobre o assunto.

Caso tenha se interessado, pode realizar um orçamento gratuito com a Alcance aqui! Estamos dispostos a trabalhar em conjunto para ajudar você a realizar seu sonho.

E já que está aqui, que tal dar uma olhada em nossos outros posts?

 

Quer receber nossos conteúdos mensalmente? Inscreva-se na nossa newsletter!

× Como posso te ajudar?