Projeto Estrutural

O que é um Projeto Estrutural?

O Projeto Estrutural é uma das etapas mais importantes de toda construção, pois garante que a construção ficará de pé. Por meio de cálculos o engenheiro responsável definirá quais as dimensões e também qual estrutura é a mais adequada para o seu projeto, pois para cada edificação será necessário um tipo específico de estrutura. De forma simplificada, é o projeto responsável pelo dimensionamento e detalhamento da estrutura que sustenta a edificação (vigas, lajes, pilares, fundações, etc.).

As principais etapas do Projeto Estrutural são a criação do esquema estrutural, a definição das cargas ou forças que atuam na estrutura, o cálculo dos esforços e deformações, o dimensionamento das peças estruturais, e o detalhamento do projeto para sua execução.

Quais as vantagens que o Projeto Estrutural traz à obra?

Segurança da edificação

É evidente que um Projeto Estrutural bem feito oferece mais qualidade à obra, evita o aparecimento de fissuras e outros problemas estruturais, e principalmente no que diz respeito à segurança da edificação e de todos os envolvidos. Um cálculo estrutural bem dimensionamento reduz a ocorrência de imprevistos, tornando o trabalho humano e do maquinário mais seguro. Além disso, todo Projeto Estrutural deve ser assinado por um Engenheiro Civil devidamente habilitado junto ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA. Este profissional assume a responsabilidade técnica pela estrutura projetada. Assim, o proprietário e os profissionais que executam a obra estão protegidos contra quaisquer falhas no desempenho da estrutura projetada.

Economia no uso dos materiais

A redução de custos é uma preocupação, pois, muitas vezes, é difícil manter o controle sobre tudo o que acontece nos canteiros de obras. Um Projeto Estrutural bem feito é importante porque além de oferecer um quantitativo de materiais para serem comprados também evita que haja o superdimensionamento da estrutura. É muito comum, que muitas casa sejam construídas sem um Projeto Estrutural, com a alegação que o empreiteiro consegue dimensionar a estrutura. Entretanto, o mais comum são estruturas superdimensionadas, como casas de 2 pavimentos construídas com estrutura para uma construção de 4 pavimentos. É provável que a casa não caia e nem apresente graves problemas estruturais, mas você já parou para pensar que o valor investido foi muito maior do que o realmente necessário?

Futuras manutenções facilitadas

Um projeto bem planejado pode contar com facilidades que visam agilizar manutenções. Pois com o Projeto detalhado no papel, fica muito mais simples compreender e identificar cada parte da estrutura. Isso sem falar que um bom Projeto Estrutural pode prever futuras ampliações. Um diferencial que torna a obra mais flexível e personalizada, tanto no presente e quanto no futuro.

Compatibilização

A compatibilização consiste na integração de todos os projetos e permite a antecipação de algumas incompatibilidades que possam acontecer. Um Projeto Hidrossanitário e um Projeto Estrutural não compatibilizados podem conter erros como por exemplo: um tubo de esgoto atravessando uma viga. Neste caso ou um dos projetos será alterado –  provavelmente o Hidrossanitário –  ou o erro será executado na obra, o que pode comprometer toda a estrutura, pois a capacidade estrutural da viga foi danificada. 

Por esse e outros motivos a compatibilização de uma obra é tão importante. Já existem ferramentas que conseguem integrar todos os projetos e identificar todas as interferências que os projetos podem ter. Assim, todos os erros são corrigidos na fase de projetos, evitando ocorram imprevistos e desperdícios durante a obra.

O que preciso saber antes de começar um Projeto Estrutural?

Projeto Arquitetônico

O projeto arquitetônico é composto por um conjunto de representações gráficas que descrevem como será sua casa. Ele é composto por que plantas baixa, implantação, fachadas, cortes, entre outras informações. É ele que vai determinar a elaboração dos projetos complementares.O arquiteto é responsável por projetar, coordenar e acompanhar a execução de edificações, espaços internos e externos. Ele também escolhe os materiais e acabamentos que serão utilizados na construção, levanto em conta diversos fatore como ventilação, iluminação, acústica e etc.

Quer saber mais informações sobre o projeto arquitetônico? Clique aqui!

Sondagem do terreno

A sondagem do terreno consiste na análise das camadas e resistência de solo e também mede a profundidade do lençol freático no solo. Ela está diretamente relacionada à segurança da obra, devendo ser feita mesmo em projetos de pequeno porte. Além disso, esse documento ajuda a evitar gastos desnecessários, visto que, conhecendo o solo, o projetista consegue dimensionar as estruturas com precisão e segurança. Dessa maneira, não haverá a necessidade de superdimensionar a estrutura apenas por incertezas.  

Venha saber mais sobre sondagem de solos clicando aqui!

Levantamento Topográfico

São medições que representam todos os acidentes geográficos e todas as medidas entre pontos notáveis em uma planta ou carta. De uma maneira simplificada, ele é responsável por medir o terreno, marcar a localização de edificações, árvores, rua, meio fio e postes e em alguns casos também representa as curvas de nível do local. Além de servir para a verificação das dimensões reais do terreno para posterior comparação com as medições originais da prefeitura.
Em alguns casos ele é necessário para a aprovação do projeto na prefeitura e para o desenvolvimento do projeto arquitetônico. Por essa razão é muito importante que ele seja realizado em todas as obras.

Saiba mais sobre levantamento topográfico clicando aqui.

Preferências do cliente

Conversar com o cliente é indispensável em qualquer fase da obra e no Projeto Estrutural isso não é diferente. Lembre-se que a obra é do cliente e por isso é importante conhecer as expectativas dele antes de realizar o projeto.

Sistema estrutural ideal

A partir da coleta de informações, o engenheiro em parceria com o arquiteto, poderá definir o sistema estrutural mais indicado. Os mais usados são:

  • Alvenaria estrutural;
  • Concreto armado;
  • Estrutura metálica;
  • Parede de concreto;
  • Concreto protendido.

 Após esta fase, será realizado o cálculo da estrutura. É através dele que, considerando processos de análise estrutural, softwares e normas específicas para cada sistema estrutural, se faz o dimensionamento dos elementos estruturais. ele também evita desmoronamentos, trincas, queda de revestimento e afundamento do piso.

 Depois de todas essas etapas cumpridas, será possível entregar o projeto final ao cliente e ao arquiteto. Em alguns casos, o Projeto Estrutural ainda poderá ser acompanhado do memorial descritivo e da planilha de quantidades de materiais.

Quer saber mais sobre as características de Projeto Estrutural? Fale conosco!

Precisa de um Projeto Estrutural? Peça já o seu orçamento gratuito!

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?