Levantamento Topográfico: O que é e qual a sua importância?

Por Alcance Engenharia Jr.
Estação Total - Levantamento Topográfico

Normalmente, considerado o primeiro passo para qualquer projeto de obra, o levantamento topográfico é responsável por dar a forma e outras características do terreno analisado.

O que é?

É o conjunto de medições feitas em um terreno com a finalidade de representar todos os acidentes geográficos e todas as medidas entre pontos notáveis em uma planta ou carta. Podendo incluir objetos naturais, como árvores e lagos ou artificiais, como edifícios, muros, ruas, calçadas, postes, entre outros.

Existem dois tipos de levantamentos, o planimétrico e o planialtimétrico.

  • Planimétrico: também conhecido como planimetria, é caracterizado por representar apenas horizontalmente uma área. Sendo assim, é comumente usado para estabelecer limites de um terreno e/ou edificações.
  • Planialtimétrico: ressalta a diferença de nível presente em um relevo, registrando seu grau de declividade. A representação é feita através de curvas de nível, que ligam diferentes pontos que possuem a mesma altura dentro da área levantada.

Por que fazer?

Este projeto fornece informações precisas para permitir que cada etapa seja feita corretamente, dentro do prazo e do orçamento inicial. Além disso, conhecer precisamente um terreno pode gerar espaço para boas ideias, como por exemplo construções em terreno inclinado, uma vez que esse trabalho é considerado a base para todos os esforços futuros. Se não for feito corretamente, pode causar graves erros, custos desnecessários e até acidentes.

Por também atuar na fase de execução da obra, pode servir como ferramenta de monitoramento da obra, ou seja, verificar se o que foi feito segue os planos no papel.

Além disso, muitos órgãos governamentais, como a Secretária Municipal de Urbanismo (SMU), exigem que projetos de construção tenham levantamentos topográficos como parte obrigatória do processo. Os projetos que se encaixam nesse escopo são os de novas casas, remodelações, calçadas, melhorias rodoviárias, construção de pontes e muito mais.

Como é feito?

De início, são escolhidos pontos notáveis, os quais marcam locais interessantes para se posicionar os aparelhos. Essas marcações formarão uma poligonal (figura geométrica com várias arestas e vários ângulos), servindo como guia para o levantamento.

Após isso, é importante a realização de um croqui (desenho básico) para auxiliar durante o trabalho, pois com ele é possível acompanhar como e o que foi feito. O desenho deve conter as delimitações do terreno, o posicionamento do equipamento e demais pontos marcados.

O equipamento mais utilizado é a Estação Total, através dela são obtidas e armazenadas as distancias e os ângulos entre os pontos utilizados. As informações guardadas serão transferidas para um software que irá gerar um mapa da área estudada.
Por fim, o mapa topográfico é fornecido para os projetistas que darão início aos seus respectivos trabalhos.

estação total
Estação Total

Em adição, é de suma importância ressaltar que, por se tratar de um trabalho ao ar-livre, os prazos para as etapas dependem das condições climáticas da região em que se está. Diante disso, o acompanhamento da previsão do tempo é essencial para estipular o tempo necessário para cada fase. Consequentemente, se o clima fugir do que foi previsto, pequenos atrasos podem ocorrer.

Equipamentos comuns

Estação Total: é um instrumento eletrônico que mede ângulos e distâncias com alta precisão, através de um laser enviado para o prisma.

Prisma: equipamento que reflete o sinal da Estação Total.

GNSS: Sistema Global de Navegação por Satélite, gera coordenadas precisas por meio de dados geoespaciais transmitidos por satélites.

Drone: geram dados topográficos que são obtidas através de imagens aéreas, capturadas por uma câmera.

Custo de um levantamento topográfico

O preço final desse tipo de serviço depende de vários fatores:

Área do terreno: as dimensões do local afetam de forma diretamente proporcional no valor, isto é, quanto maior a região maior o custo

Complexidade: refere-se ao número de obstáculos presentes e a densidade da vegetação, caso possua.

Relevo: terreno com grandes declives ou muito acidentados encarecem o projeto.

Detalhamento: o nível de detalhamento e precisão solicitado pode exigir maior dificuldade e tempo para finalização do levantamento.

Transporte: a distância entre o profissional contratado e a região analisada por necessitar de um deslocamento grande, que aumentará o valor do serviço.

Equipamento: Muitas vezes esse tipo de equipamento é alugado pelos profissionais que executam levantamentos, pois são aparelho de alto custo. Sendo assim, as diárias influenciarão no custo.

Necessita de um levantamento topográfico? A Alcance pode te ajudar!
Com membros graduandos em Engenharia Civil, junto ao auxílio dos professores e da infraestrutura da UFPR, possuímos os fatores essenciais para atendê-lo com excelência!

Fale conosco agora mesmo!