Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Engenharia Civil

Por Alcance Engenharia Jr.
Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Você já ouviu falar sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)? Se sim, já parou para pensar por um momento, na relevância dos ODS na sociedade atual e como ele impacta as nossas vidas, inclusive no ramo da engenharia?

Se ficou curioso, é sobre esse tema que iremos tratar: a importância dos ODS e como ele se relaciona com o ramo da Engenharia Civil. Por isso, vamos explicar o que eles são, como surgiram e que objetivos cada um deles tem. E, por fim, mostraremos como e com quais projetos de alto impacto o Movimento Empresa Júnior (MEJ) e, em particular, a Alcance, contribuem para o desenvolvimento sustentável. 

MAS AFINAL, O QUE SÃO OS ODS?

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável correspondem a uma agenda mundial e foram aderidos durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (2015). Desse modo, tal agenda é composta por 17 objetivos, interligados e inseparáveis, e 169 metas, que buscam atingir até 2030. Eles foram criados em 2013, através da ONU, em um processo de negociação mundial, com participação e apoio do Brasil para a resolução dos objetivos. Assim, eles podem ser divididos em quatro dimensões, são elas:

  • Social:

    Visa às necessidades humanas (saúde, educação, melhoria da qualidade de vida e justiça).
  • Ambiental:

    Sobre preservação e conservação do meio ambiente (ações que vão da reversão do desmatamento, proteção das florestas e da biodiversidade, combate à desertificação, uso sustentável dos oceanos e recursos marinhos até a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas).
  • Econômica:

    Em relação ao uso e o esgotamento dos recursos naturais, a produção de resíduos, o consumo de energia e outros.
  • Institucional:

    Refere-se às capacidades de colocar em prática os ODS.

Estratégia ODS

A Estratégia ODS possui organizações representativas da sociedade civil, do setor privado, de governos locais e da academia. Ela busca ampliar e qualificar o debate a respeito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil e de mobilizar, discutir e propor meios de implementação efetivos.

 Logo, prevê que a agenda seja objeto de diálogos e esforços conjuntos, e que seus objetivos e princípios sejam enraizados nas ações e condutas gerais da sociedade, para que todos tenham consciência do seu papel. Dessa forma, para uma mudança efetiva, é necessário o envolvimento dos diversos setores da sociedade de forma integrada, com compromissos reais, investimento de recursos, amplo monitoramento e uma atuação interdependente. Portanto, a Estratégia ODS relaciona-se ao engajamento de forças sociais em busca do desenvolvimento sustentável, que compreendam as ferramentas, as soluções e os recursos disponíveis para tal.

Assim, para conhecer melhor sobre os objetivos de desenvolvimento sustentáveis, colocamos abaixo um breve resumo sobre cada um dos ODS.

QUAIS AS METAS DE CADA OBJETIVO?

ODS 1

ODS 1

A condição de extrema pobreza é medida como pessoas vivendo com menos de US$ 1,25 por dia. Neste sentido, mais de 800 milhões de pessoas no mundo vivem nessa situação, muitos sem acesso a alimentos adequados, água potável e saneamento. Sendo assim, erradicar a pobreza em todas as suas formas continua sendo um dos principais desafios da humanidade. Por isso, torna-se importante focar nos mais vulneráveis, aumentar o acesso básico a serviços e apoiar comunidades afetadas por conflitos e desastres relacionados ao clima.

ODS 2

ODS 2

A fome extrema e a má nutrição ainda são uma grande barreira ao desenvolvimento de muitos países. Estima-se que 795 milhões de pessoas estejam cronicamente desnutridas desde 2014. Isso acontece, muitas vezes, como consequência direta da degradação ambiental, da seca e da perda de biodiversidade. 

Desta forma, esse ODS pretende acabar com todas as formas de fome e desnutrição, assegurando que todas as pessoas tenham acesso a alimentos suficientes e nutritivos durante todo o ano até 2030. Isso envolve promover práticas agrícolas sustentáveis, apoiar pequenos agricultores e garantir acesso igualitário à terras, tecnologia e mercados.

ODS 3

ODS 3

Todos os anos mais de 6 milhões de crianças ainda morrem antes de seu quinto aniversário. 16 000 crianças morrem a cada dia de doenças evitáveis, como o sarampo e a tuberculose. Todos os dias, centenas de mulheres morrem durante a gravidez ou de complicações durante o parto. Em áreas rurais, apenas 56% dos partos são atendidos por profissionais qualificados. A AIDS é agora a principal causa de morte entre adolescentes na África subsaariana, uma região ainda gravemente devastada pela epidemia de HIV.

Visto tudo isso, nesse terceiro ODS, destaca-se a necessidade de alcançar a cobertura de saúde universal e dar acesso a medicamentos e vacinas seguras. Evitando, assim,  mortes através de prevenção e tratamento, educação, campanhas de imunização e cuidados de saúde sexual e reprodutiva. 

ODS 4

ODS 4

A educação é um das formas mais poderosas para o desenvolvimento sustentável e, por isso, atingir uma educação inclusiva e de qualidade torna-se essencial. Este objetivo visa garantir a educação primária e secundária gratuita para todas as crianças até 2030. Além disso, propõe possibilitar acesso a formação profissional de custo razoável, visando excluir desigualdades de gênero e riqueza, e alcançar o acesso universal a um ensino superior de qualidade.

ODS 5

ODS 5

Apesar dos avanços já alcançados quanto a igualdade de gênero, ainda há muito a ser conquistado. Este ODS objetiva garantir o fim da discriminação contra mulheres e meninas em todos os lugares até 2030. Neste sentido, dar à mulher direitos iguais aos recursos econômicos, como terra e propriedade, são metas vitais para a realização desse objetivo assim como garantir o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva. Por isso, eliminar todas as maneiras de discriminação contra mulheres e meninas torna-se crucial para o desenvolvimento sustentável.

ODS 6

ODS 6

Especificamente para este objetivo existe a certificação AQUA-HQE (Haute Qualité Environnementale), inspirada no selo francês Démarche HQE e adaptada ao Brasil pela Fundação Vanzolini. Essa certificação tem como objetivo diminuir os impactos ambientais do empreendimento, potencializar seu desempenho e aumentar o conforto dos usuários ou residentes. Apesar da inserção ser recente no Brasil, a metodologia vem apresentado excelentes resultados nos âmbitos social, ambiental e econômico.

Além disso, existem certificações mais amplas, como a LEED, que englobam soluções, e normas e diretrizes para projetos hidrossanitários que contemplam o saneamento e o acesso à água potável em construções.

ODS 7

ODS 7

Assim como no objetivo anterior, existem certificações específicas para energia limpa e acessível na construção civil. A etiqueta PBE Edifica, voltada à eficiência energética, é o Selo de Conformidade. Ele demonstra se o empreendimento atende ou não o desempenho e, dependendo do caso, segurança estabelecidos em normas e regulamentos.

Junto a isso, existe o selo PROCEL (para produtos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética) e, também, nas certificações LEED, tópicos energéticos na categoria Energia e Atmosfera.

ODS 8

ODS 8

A desigualdade de renda e de oportunidades dificulta o crescimento econômico e a conquista de um desenvolvimento sustentável. Por isso, o ODS 8 identifica a necessidade de eliminar o trabalho forçado e formas análogas ao do trabalho escravo, assim como o tráfico de seres humanos, de modo a garantir a todos o alcance pleno de seu potencial e capacidade.

ODS 9

ODS 9

O avanço tecnológico é essencial para encontrar soluções duradouras para os desafios econômicos e ambientais, como a criação de novos empregos e o fomento da eficiência energética. Nesta perspectiva, o investimento em infraestrutura e inovação são impulsionadores cruciais do crescimento econômico e do desenvolvimento.

ODS 10

ODS 10

Esse objetivo visa propiciar renda às populações mais pobres, promover a inclusão social e política e adotar políticas de proteção salarial. Para isso, medidas institucionais, como a eliminação de leis discriminatórias e a criação de leis adequadas são necessárias. Por fim, fiscalizar e regular os mercados financeiros, evitando a concentração renda, e dar tratamento justo a migrantes também estão entre as metas deste ODS.

ODS 11

ODS 11

O ODS 11 busca por cidades mais inclusivas, seguras, sustentáveis e resilientes a desastres ou a eventos incomuns. O primeiro ponto é a melhoria nos serviços de transporte, visando grupos em vulnerabilidade, pois a mobilidade urbana é fundamental para que seja realize cidadania. Também, a preservação da cultura, o fortalecimento dos espaços de participação, a redução do número de mortes e dos impactos ambientais, assim como a urbanização de favelas, complementam as metas deste ODS.

ODS 12

ODS 12

Esse objetivo aborda a produção e o consumo sustentáveis, buscando ações globais e locais, como o uso eficiente de recursos naturais, reduzir o desperdício de alimentos, manejar resíduos químicos de forma responsável. Neste ODS, também estão incluídos o cuidado com resíduos sólidos, a diminuição da emissão de poluentes, incluindo realização de compras públicas sustentáveis.

ODS 13

ODS 13

Nesse ODS, entende-se a importância à resiliência e a capacidade de adaptação dos agrupamentos humanos, devido aos riscos associados ao clima e às catástrofes naturais. O foco central são ações para combater a mudança climática e seus impactos e, a fim disso, investimentos em conscientização, sensibilização, formação e educação são necessários.

ODS 14

ODS 14

Os oceanos são essenciais para a sobrevivência humana, eles proporcionam segurança alimentar, transporte, fornecimento de energia, turismo, dentre outros. Além disso, eles regulam muitos dos serviços ecossistêmicos mais críticos do planeta, como ciclo do carbono e nitrogênio, regulação do clima, e produção de oxigênio. Nesse sentido, o ODS 14 se compromete com a redução significativa da poluição marinha de todos os tipos, garantindo um maior desenvolvimento sustentável.

ODS 15

ODS 15

Nesse objetivo, a preservação dos ecossistemas terrestres, das florestas e da biodiversidade são o tema. Desse modo, busca-se a preservação e/ou conservação do que já existe, além da reversão de danos já causados ao ambiente, como a desertificação, por isso, é uma ODS muito ligada ao Brasil. Além disso, a preservação da biodiversidade e de espécies ameaçadas também são alvo do objetivo, assim como acabar com a caça ilegal e com o tráfico de espécies.

ODS 16

ODS 16

A manutenção da paz e o respeito aos direitos humanos são a base para o desenvolvimento sustentável. Desta forma, temas como a exploração sexual, o tráfico de pessoas e a tortura são alguns dos temas incluídos neste ODS. Assim, destaca-se a importância de reduzir todas as formas de violência e as taxas de mortalidade relacionada em todos os lugares.

ODS 17

ODS 17

Por fim, o ODS 17 está associado ao desenvolvimento sustentável. Contém objetivos para finanças, tecnologia, capacitação, comércio, coerência de políticas e de instituições, parcerias multissetoriais, dados, monitoramento e prestação de contas. Assim, ele age voltado para a ação de auxílio a países em desenvolvimento e, também, visa os meios de implementação para o conjunto dos ODS. Além disso, busca a estabilidade macroeconômica global, com base na coordenação de políticas, para melhor execução dos objetivos.

E COMO ESSES ODS IMPACTAM DIRETAMENTE A ALCANCE JR?

A Alcance Engenharia Jr é uma empresa de engenharia civil, portanto está constantemente gerando soluções para tornar as construções cada vez mais seguras, econômicas e funcionais. Por essa razão, muitos de nossos projetos impactam a ODS 9 (Indústria, inovação e infraestrutura), promovendo construções resilientes e inovadoras.

Além disso, ainda temos algumas soluções que impactam outros objetivos. Como é o caso da ODS 7 (Energia limpa e acessível), pois, se for do interesse do nosso cliente, o projeto elétrico pode incluir o sistema de painéis fotovoltaicos para a produção de energia. Ou também, o projeto para captação de água da chuva, impactando também a ODS 12 (Consumo e produção responsáveis).

Também, temos indicadores importantes para o crescimento de uma empresa júnior que necessitam da elaboração de projetos de alto impacto, e o que são esses projetos?

PROJETOS DE ALTO IMPACTO –  OS OBJETIVOS NA PRÁTICA

Para a Brasil Júnior, associação civil sem fins lucrativos que regulamenta as empresas juniores no Brasil, um projeto de alto impacto deve ser além do esperado. Assim, trazendo maiores resultados e impactando o ecossistema no qual o serviço foi feito. Além disso, para ter essa denominação, os projetos devem apresentar um NPS Promotor (9 ou 10) e também estar diretamente relacionados a pelo menos um dos Objetivos da ONU (ODS). 

"Mais fortes e conectados, em todo o Brasil, formando líderes que fazem mais projetos de alto impacto" - essa é a visão do MEJ (Movimento Empresa Júnior).

No ano de 2019, dentre os 61 projetos realizados pela Alcance, 25 foram de alto impacto e a média anual de NPS foi 10,00.

E o que é NPS?

Vale ressaltar que o Net Promoter Score, ou NPS, é uma metodologia que busca realizar a mensuração do Grau de Lealdade dos Consumidores de qualquer empresa. Assim, o NPS é uma pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, qual a probabilidade de você recomendar a nossa empresa a um amigo ou familiar?”. Ele é utilizado porque, com as pesquisas de satisfação de cliente convencionais, os resultados não retornam para a linha de frente rapidamente e de forma individual para gerar uma mudança efetiva. Logo, a empresa deve apresentar um serviço com excelência, visando qualidade aos clientes e comprometimento a Agenda da ONU. O impacto que gerado é, por muitas vezes, traduzido em formas de números, que quando significados e somados geram o conceito de projeto de impacto.

Para isso, cada Empresa Júnior recebe metas personalizadas, que mudam anualmente, em relação ao número de projetos de impacto que deve fazer durante o ano. Dessa forma, o MEJ contribui muito para a sociedade, gerando projetos de qualidade que conseguem gerar valor de forma expressiva para o cliente e as pessoas ao redor, além de contribuir formação dos participantes do projeto. A Alcance, por sua vez, conta com altos números de projetos desse quesito, visto que possui grande familiaridade com alguns destes objetivos listados acima e possui alta aprovação dos clientes.

Quer saber mais sobre os projetos oferecidos pela empresa? Entre em contato e faça um orçamento.