pessoas trabalhando em uma mesa

Entenda o que é uma Empresa Júnior

Você sabe o que é uma empresa júnior? Saiba mais sobre as empresas juniores e como funcionam. Também conheça o Movimento Empresa Júnior que está movendo a economia e incentivando muitos universitários a entrarem no mundo do empreendedorismo 

O que é uma Empresa Júnior?

Uma Empresa Júnior (EJ) é uma organização formada exclusivamente por estudantes da graduação sob orientação de um professor, sendo que a empresa deverá estar vinculada a uma instituição de ensino. Assim como outras empresas, seus membros administram, gerenciam, projetam, prospectam e produzem o marketing para promover seu produto. Para a realização dos projetos os alunos buscam utilizar tecnologias atuais e preços competitivos com os do mercado para agregar valor ao produto ofertado. As EJ não possuem fins lucrativos, sendo assim, seus membros não recebem salário, são todos voluntários. 

Todas as empresas fazem parte do Movimento Empresa Júnior (MEJ), que proporciona aos estudantes a possibilidade de ter uma vivência empresarial, estando em um ambiente empreendedor que o prepara para ingressar no mercado de trabalho e o encoraja a seguir na vida empreendedora.

Como é o funcionamento dessas empresas?

As empresas juniores são associações civis de apoio a educação, legalizadas perante o governo (lei n° 13.267) e que possuem CNPJ. Ela oferece projetos e soluções para o mercado, que qualquer pessoa pode contratar. A principal diferença entre uma empresa júnior e uma empresa de mercado, é que a júnior é formada apenas por estudantes universitários. No mais, ela se assemelha muito a empresa sênior. 

A estrutura organizacional é geralmente formada pelas áreas de marketing, vendas, gestão de pessoas, projetos e presidência. Cada área exercendo sua função com propósito de alcançar as metas definidas para cada ano. Os membros não são remunerados, logo o trabalho realizado é voluntário.

Você deve se perguntar, para onde vai o lucro da empresa? O lucro gerado é utilizado, em geral, para a manutenção da infraestrutura da empresa e é revertido como investimento em cursos ou eventos de capacitação para os membros envolvidos.

História do Movimento Empresa Júnior

O Movimento Empresa Junior é um movimento global e se iniciou com a criação da primeira empresa júnior, em 1967. Ela foi criada na ESSEC – L’École Supérieure des Sciences Economiques et Commerciales, em Paris, na França, por alunos que desejavam desenvolver habilidades práticas no mercado. No Brasil, o movimento chegou 20 anos depois, com a primeira empresa júnior, a EJFGV. Ela foi fundada por alunos do curso de Administração da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. 

Atualmente o movimento já está presente em mais de 44 países, com mais de 1200 empresas espalhadas pelo planeta, sendo o Brasil o maior polo de empresas juniores do mundo.

A Alcance Engenharia Jr, surgiu muito tempo depois, no ano de 2015 na UFPR – Universidade Federal do Paraná. Sendo que no seu 4° ano de existência (2019) foi a maior Empresa Júnior de Engenharia Civil do Estado do Paraná. 

Qual o propósito dessas organizações?

Sua principal missão é: “Formar por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil

Um dos objetivos do Movimento Empresa Júnior é dar oportunidade aos alunos de terem contato com o mercado de trabalho antes mesmo de se formarem, preparando-os melhor e proporcionando mais experiência para a vida profissional. Além disso, os universitários têm oportunidade de se aproximar de orientadores que, em geral, são professores da Universidade ou engenheiros de mercado que possuem experiência nos projetos realizados pelas EJs, o que garante a qualidade dos mesmos. Também é uma forma de consolidar e reforçar o aprendizado recebido em sala de aula, colocando-os em prática no mundo real. Mais do que tudo isso, o movimento busca, através da vivência de mercado, desenvolver profissionais capacitados e formar líderes, que serão protagonistas em suas respectivas áreas de atuação no futuro.

O que são as instâncias?

Dentro do movimento Empresa Júnior estão as instâncias, elas estão no âmbito Nacional, Estadual e Regional. Todas têm por responsabilidade representar, fornecer suporte para vivência empresarial do membro, aproximar as EJ, realizar eventos, expandir o movimento, entre outras coisas. No Contexto da Alcance Engenharia Jr as instâncias envolvidas são:

Logo da Brasil Júnior

Brasil Júnior – BJ

É a Confederação Brasileira das Empresa JunioresCriada em 2003, é a instância que atua em âmbito Nacional e tem como missão: formar, por meio da vivência empresarial, empreendedores comprometidos e capazes de transformar o Brasil.

Logo FEJEPAR

FEJEPAR – Federação das Empresas Juniores do Estado do Paraná.

É o órgão que representa e regulamenta as Empresas Juniores do estado do Paraná. Surgiu em 1996 e hoje têm 99 empresas juniores associadas.  

 

Logo NuC

Núcleo Curitiba

O Núcleo Curitiba é o órgão que regula as empresas juniores das cidades de Curitiba e Pontal do Paraná. Ele surgiu em 2012, levando o nome de NEJ UFPR e em 2018 se tornou o Núcleo Curitiba que, atualmente, conta com 25 Empresas Juniores associadas.   

Quais as vantagens dessas empresas e o impacto que elas podem causar na sociedade?

 As empresas juniores são entidades dentro de universidades que podem causar grandes mudanças nas vidas dos alunos, clientes e da própria Universidade.

Primeiramente, traz grande conhecimento ao estudante, que aprende o que ainda não é ensinado dentro das salas de aulas, como: empreendedorismos, resiliência, criatividade, trabalho em equipe e liderança, o que proporciona o desenvolvimento profissional e pessoal do membro.  Além disso, a participação em uma EJ pode ser um diferencial no currículo. O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo a um empresario júnior possui vantagens em seu currículo quando comparado a maioria dos graduandos.

Para os clientes, a EJ pode ser a responsável por concretizar a realização de um sonho, pois têm seus problemas solucionados a um preço mais acessível e por uma equipe de alto nível.

Para as universidades, elas são um suporte à educação, já que garantem um ensino mais dinâmico e prático, o que geralmente não é possível apenas considerando o tempo em sala de aula.  Sendo assim, elas fortalecem o ensino ofertado pela instituição.

No mercado, as empresas juniores também têm capacidade de impactar a economia do país, movimentando mais de R$ 70.000.000,00 desde 2010, e valor que foi investido em educação empreendedora.

Compartilhe nosso trabalho 🙂

Depois da leitura desse texto, você deve ter entendido um pouco mais sobre o que é uma Empresa Junior. Qualquer dúvida sobre esse assunto, deixe aqui nos comentários ou entre em contato com a gente através das nossas redes sociais.

Não deixe de compartilhar esse texto com quem ainda não conhece o Movimento Empresa Júnior! 🚀

× Como posso te ajudar?