Diferenças entre Revit e Autocad

Começando a entender sobre os softwares

A engenharia civil, assim como várias outras áreas de tecnologia, vem se aperfeiçoando ano após ano através do uso de programas de computadores. O conhecimento do Revit e o AutoCad, por exemplo, são um dos principais pré-requisitos hoje em dia do mercado de trabalho que as empresas exigem que qualquer profissional tenha.

Com o surgimento da tecnologia BIM, o Revit é cada vez mais visto como um competidor de peso contra o então consolidado AutoCAD. Por causa disso, há uma confusão nos alunos que acabaram de se inserir ou na faculdade ou no mercado de trabalho sobre qual aprender. Tendo isso em mente, trouxemos as principais características do Revit e o AutoCAD para que você conheça mais sobre cada um e saiba o que são, porquê usá-los, e quando usá-los. 

 

O que é o Revit e o AutoCAD?

O Revit é um software BIM (Building Information Modeling) da Autodesk criado para ajudar profissionais da área da engenharia, arquitetura e design na elaboração, modelagem e documentação de projetos. Ele possibilita a criação de projetos estruturais, arquitetônicos e também de sistemas complementares como hidráulicos, elétricos e mecânicos.

Enquanto você cria o desenho no 2D, automaticamente o 3D também estará sendo desenvolvido e, junto dele, os materiais que serão utilizados para a sua construção (os quantitativos especificados no projeto). 

Software
Simulação real da construção

Isso acontece porque ele possibilita que qualquer alteração feita reflita em todo o projeto, não sendo necessário que você mude tudo manualmente, o que irá otimizar seu tempo de trabalho.

 Além disso, por ser um software BIM, o Revit permite que seus projetos não sejam apenas uma maquete eletrônica, mas sim uma simulação da construção, pois cada objeto contém informações reais, oferecendo também precisão, velocidade e organização que outros softwares não garantem.

Software
Projeto feito e visualizado rapidamente

Analisando agora o AutoCAD, sendo um dos softwares mais famosos e utilizados na área de engenharia, ele busca ser a solução para quase todos os problemas relacionados ao desenho, modelagem e dimensionamento em um só lugar.

Seu design amigável, inspirado no pacote Office da Microsoft, possibilita o rápido aprendizado e adaptação do usuário, que consegue criar desde situações simples de desenho até as mais complexas. E assim, sua apresentação de forma eficiente e realista permite a minimização de erros e a facilitação de visualização.

Projeto feito em AutoCAD

 Com 19 versões desde seu lançamento, o AutoCAD habilita uma programação personalizável para seus usuários pelas linguagens AutoLISP e Visual Basic, próprias do programa. Ambas têm a finalidade de automatização de tarefas por meio de séries de comandos que o usuário pode criar. Além disso, as séries podem ser alocadas em arquivos externos, assim podendo ser reutilizadas em qualquer lugar.

Por que usar o Revit e o AutoCAD

 O Revit e o AutoCAD apresentam características próprias muito bem definidas. Nesse parágrafo vamos esclarecer algumas principais.

Características que tornam o AutoCAD tão querido na indústria:

  • Universalidade – arquivos são facilmente convertidos para qualquer outro tipo, facilitando a utilização em diversos outros programas de escolha;
  • Ampla biblioteca – grande quantidade de conteúdos em AutoCAD que podem ser acessados, muitas vezes de graça na internet;
  • Programação personalizável – possibilidade de automatizar as tarefas com séries de comandos, os quais podem ser transferidos e reutilizados onde o usuário quiser.
  • Acesso à nuvem – os arquivos criados no AutoCAD podem ser armazenados na nuvem e acessados em qualquer lugar através do próprio programa.
Software
Projeto na planta e executado

Vantagens que tornam o Revit tão inovador e requerido:

  • Visualização em 3D: mostra uma simulação de como o projeto irá realmente ficar;
  • Otimização do tempo: qualquer alteração feita reflete, instantaneamente, no restante do projeto;
  • Quantitativos: tabelas de materiais, que após qualquer alteração, atualiza automaticamente;
  • Dynamo: possibilidade de programar um código personalizado para acessar alguma ferramenta;
  • Custos: ao inserir algum valor em objetos do projeto, o software gera uma tabela com uma estimativa desse;
  • Trabalho conjunto: mais de uma pessoa consegue ter acesso ao documento do projeto e fazer alterações, porém apenas no seu arquivo;
  • Documentação: os papéis são gerados de forma rápida, tanto no modelo 3D quanto no 2D tradicional.

Quando usar Revit e o AutoCad

Agora que já apresentamos as principais características de ambos os programas, podemos concluir que o Revit e o AutoCad têm suas especialidades e que, portanto, um pode ser mais recomendado do que outro dependendo da situação requerida. 

Decidindo qual software deve usar

Podemos dizer que quando você quiser uma visão mais realista de como seu projeto vai ficar, que queira compartilhá-lo com sua equipe e também economizar tempo, o Revit consegue satisfazer essas tarefas.

Já o AutoCAD pode ser usado para projetos mais simples, que não exijam tanto uma visão real das estruturas. Um bom exemplo de projeto que na maioria das vezes ele é preferido é o projeto topográfico, por motivos de que o equipamento utilizado já vem configurado com o próprio AutoCAD.

Uma das maiores vantagens da nossa equipe é que sabemos usufruir dos benefícios do Revit e o AutoCad, porque estamos sempre atentos às mudanças do meio tecnológico que oferecem meios inovadores para proporcionar uma melhor experiência para nossos clientes e membros.

Equipe decidindo qual a melhor escolha para o time

Sabendo disso, agora fica mais fácil decidir qual programa é o melhor para você e em quais ocasiões deverá saber como mexer em cada um dos softwares! Aproveite e clique aqui para entrar em contato conosco e conhecer melhor nossos serviços e as tecnologias que usamos!

× Como posso te ajudar?